Conceito de empregabilidade

Empregabilidade é um conceito amplo que não significa apenas ter um emprego e sim a capacidade de ter trabalho e renda sempre. Note a diferença. Uma coisa é ter um emprego que pode até estar estagnado e não nos levar a lugar algum. Outra completamente diferente é ter as qualificações necessárias para viver esse novo paradigma de forma saudável.

Segundo o consultor José Augusto Minarelli, a empregabilidade é formada de seis pilares que são: adequação vocacional, competência profissional, idoneidade, saúde física e mental, ter uma reserva financeira e fontes alternativas e, por último, mas não menos importante, o precioso rol de relacionamentos e amizades conhecido também como networking.

Reflita sobre como essas dimensões afetam sua vida e sua posição em relação a elas. Quem sabe usar sua empregabilidade consegue tomar conta de sua carreira e cria condições para ter trabalho sempre, não importando a sua idade, seu modo de pensar e nem a sua área de atuação. Para facilitar sua tarefa confira algumas dicas que preparamos para você:

As empresas hoje esperam de seus empregados:

* liderança;
* facilidade de comunicação ;
* flexibilidade e capacidade de adaptação a mudanças ;
* entusiasmo para aprender;
* conhecimento de idiomas e informática ;
* engajamento nos resultados da equipe ;
* ambição de carreira;
* escrever com clareza e de acordo com cada situação;
* capacidade de organizar e transmitir suas idéias;
* ser criativo ao resolver problemas e tomar decisões;
* saber lidar com diferentes situações.

O bom profissional é aquele que:

* não enrola, faz seu trabalho, sem esperar que outro faça;
* diz quando não sabe realizar uma tarefa e mostra entusiasmo em aprender;
* assume a responsabilidade por seus erros;
* não faz fofoca no ambiente de trabalho;
* não aceita fazer ou ajudar a fazer coisas que vão contra seus princípios e que possam prejudicar a empresa ou outras pessoas;
* não esconde informações importantes de seus colegas, chefes e subordinados para ter vantagem e os trata com respeito.

Os 7 erros capitais (fatores que mais desclassificam candidatos segundo a Revista Você S.A.):

* Pouca preparação para entrevista;
* Escolaridade baixa;
* Preparação inadequada para o tipo de trabalho;
* Pouca experiência requerida, talento ou educação;
* Demanda de salário fora da realidade;
* Nenhum potencial para liderança;
* Falta de objetivos e baixa motivação, entusiasmo ou iniciativa